sexta-feira, julho 21, 2006



E os teus sonhos rio!? Quem os há-de sonhar quando partires, quando como um louco entrares pelo mar dentro!?

Deixa-me a cidade, dá-me a tua mão que eu guio o teu destino...

Sem comentários: