sexta-feira, julho 21, 2006





Acorda Douro, o mar já está perto, sinto-o no ar carregado de salitre. Abranda o andamento, desce a vela do capelo do mastro, arreia as ostagas, levanta a espadela, mostra-lhes o coração e a crista que a partir de agora é Deus quem nos guia...

Sem comentários: